ESTIMA-SE QUE, TODOS OS ANOS, OS OCEANOS SEJAM POLUÍDOS COM CERCA DE 4,8 MILHOES A 12,7 MILHÕES DE TONELADAS DE PLÁSTICOS.

Como ter uma alimentação sustentável

alimentação sustentável
Será que o que comemos vai impactar o planeta? A resposta é sim! Ter uma alimentação sustentável tem efeitos positivos na nossa pegada ecológica.
alimentação sustentável

Será que o que comemos vai impactar o planeta?

A resposta é sim! Ter uma alimentação sustentável vai ter efeitos positivos na nossa pegada ecológica.

Vê só estes factos e números que o comprovam:

– Surpreendentemente, cerca de 1/3 dos alimentos produzidos não é consumido. Isto resulta em 1,3 biliões de toneladas de alimentos por ano! Por consequência, o desperdício alimentar é responsável pela emissão de 8% dos gases de efeito de estufa, visto que utiliza recursos (como água e energia).

– Os portugueses comem mais alimentos de origem animal do que de origem vegetal. Sendo que mais de 3,5 milhões de portugueses (ou seja, 34% da população) têm um consumo de carne superior a 100g/dia.  

A pecuária é uma das principais causas para a produção e emissão de gases metano e óxido nitroso. A utilização de fertilizantes nos solos contribui com 79% das emissões de óxido nitroso.

Uma alimentação sustentável tem baixo impacto ambiental e contribui para a segurança alimentar e nutricional da população. Não só no presente, como também no futuro.

1) Compra a produtores locais

Os nossos mercados típicos de rua são o sítio ideal para encontrar fruta e vegetais produzidos perto da nossa casa. O transporte de alimentos significa um grande gasto de energia e combustível, ao comprares aos produtores locais vais estar a consumir alimentos com uma menor pegada ecológica. Para além disso, estás a apoiar os pequenos negócios!

2) Evita alimentos embalados e leva os teus próprios sacos

Sacos de pano, sacos de plástico que já temos em casa, caixas de cartão… São todas ótimas opções para evitar comprar novos sacos de plástico. Pesa os alimentos na balança e cola a etiqueta do preço diretamente na casca. Não há necessidade de ter um saco para cada tipo de fruta/vegetal. E se tiveres de comprar embalagens, opta por aquelas que poderás reutilizar – por exemplo, a caixa de plástico onde vêm os morangos pode servir para transportares outra fruta que compres a granel da próxima vez.

3) Compra alimentos da época

Os alimentos da época nem sempre são os mais interessantes, mas têm características nutricionais superiores. Além disso, assim contribuis para a promoção da economia local e para a proteção do ambiente, pois estes utilizam menos cadeias de frio e conservantes.

4) Planeia refeições e experimenta fazer “meal prep”

Se planeares as tuas refeições, ao chegar ao supermercado saberás o que comprar e não vais comprar coisas por impulso. Assim, não só poupas dinheiro como terás menos desperdício alimentar. Fazer meal prep, ou seja, preparar várias refeições de uma só vez, vai-te deixar mais tempo livre durante a semana!

5) Dá uma chance a receitas feitas com os “restos”

Se vais fazer uma sopa, coze as cascas e taules dos vegetais e faz um caldo de legumes. Com as cascas da fruta podes fazer uma água aromatizada. Se não comeste todos os legumes do almoço, para o jantar podes usá-los como recheio para uma quiche. Tens sobras de massa cozida? Junta a alface e cogumelos e faz uma salada… As opções são imensas!

6) Reduz o consumo de carne e peixe

Não temos todos de nos tornar vegetarianos ou vegan, mas opta por fazer uma ou duas refeições totalmente vegetais por semana. Podes inspirar-te em iniciativas como as “Segundas sem carne” (não comer alimentos de origem animal à segunda) ou o “Veganuary” (experimentar ser vegetariano durante um mês).

Uma alimentação sustentável não significa deixarmos de comer o que mais gostamos, mas sim ter uma alimentação amiga do ambiente e da nossa saúde.

Na tua casa já se faz alguma destas coisas? Qual a tua “receita sustentável” preferida?

alimentação sustentável

Come localmente, pensa globalmente.

Partilhe este post

Share on facebook
Share on linkedin
Share on email
Share on whatsapp
Share on twitter

Deixe uma resposta

RECICLAR NÃO CHEGA

The truth is: the natural world is changing. And we are totally dependent on that world. It provides our food, water and air. It is the most precious thing we have and we need to defend it.

David Attenborough